Comportamento, Destaque, Kids

Terrible two: acaba ou não?



Não sei se vocês já escutaram falar que o “terrible two” acabaria quando a criança completasse aos 03 anos… eu sempre sonhei com esse momento na vida do Dudu, mas, depois de 06 meses, a tal “crise dos 02 anos” por aqui só piora a cada dia. São respostas que eu jamais imaginei escutar de uma criança com 03 anos e 06 meses de idade, atitudes que me assustam e um comportamento que a cada dia me tira ainda mais do sério! Então fica a pergunta: terrible two: acaba ou não?

Para vocês terem ideia dos últimos acontecimentos por aqui, quando alguém o repreende, ele, instantaneamente, já responde “não fala assim com o Dudu, eu sou bravo, muito bravo!”, ou ainda, “eu quero trocar de mãe” (pense numa mãe que nas primeiras vezes que escutou isso chorou?!?), “eu vou fugir”… e por aí vai! Já falei de outros momentos delicados com ele aqui também.

Confesso que já briguei, chamei atenção, coloquei no cantinho do pensamento e advinhem?!? Nada resolveu!!!

E o pior esse comportamento não é só comigo. Ele também tem respostas para o pai, para as professoras, para a avó que mora mais próximo… Claro que a primeira atitude é de querer corrigi-lo, repreendendo, o que muitas vezes me dói, mas não consigo ver outra forma de tentar fazê-lo entender que ele é apenas uma criança de 03 anos de idade, que quem manda sou eu e o pai!

Mas, por outro lado, também sei que muitas vezes essas atitudes dele são uma reação ao ciúme (ainda que ele não entenda assim) do irmão. Então, às vezes, ao invés do lado mal aparecer, o pego no colo (muitas vezes ele grita querendo sair do colo), o abraço e digo que o amo, que ele é o meu bebêzão. Tem momentos que fazer isso resolve, nem sempre, confesso!

A verdade é que por aqui o tal “terrible two” não acabou nem parece dar sinais de que se findará em breve. Não quero desestimular ninguém, mas se você tem um (a) filho (a) nesta idade e já está sonhando com os 03 anos, não se iluda muito, não, pode ser que ela resolva comemorar o quarto aninho, o quinto… sabe-se lá mais quanto aniversários até ir embora de vez!!!

E, por aí, em contem, o que vocês fazem nestes momentos enlouquecedores???