Alimentação, Babies, Destaque, Nutrição, Saúde e bem estar

Suco ou Fruta para o Bebê?!?

Oi, gente, tudo bem?!? Lembram que no final do ano passado anunciei que o Baby Dicas teria várias novidades?!? Hoje apresento uma delas. A Dra. Janine Barboza passa a integrar o time de colunistas aqui do blog. Ela é pediatra e atende em Brasília.

Estou super feliz de poder proporcionar esse espaço para vocês, afinal, informação nunca é demais, né?!?

E para iniciar a Dra. Janine Barboza nos fala hoje sobre a escolha do suco ou da fruta in natura. O que será melhor para os nossos pequenos?!?

Beijos,
Bárbara
papinhasG

Olá! Sou médica e apaixonada pelo mundo da pediatria. À convite das queridas Bárbara Sarkis e Juliana Benevides, irei conversar com vocês os mais diferentes assuntos que englobam a saúde da criança e do adolescente. Vale lembrar que nada substitui uma boa consulta. Sendo assim, não deixe de visitar o pediatra com o seu filho. Sem mais delongas, vamos para o tema de hoje: “Suco ou Fruta?”

A alimentação complementar é o conjunto de todos os alimentos oferecidos durante o período em que a criança continuará a ser amamentada ao seio, embora sem exclusividade. Conforme o nome sugere, ela tem a função de complementar os nutrientes necessários para o crescimento saudável e pleno desenvolvimento das crianças. Além de suprir as necessidades nutricionais, a partir dos 6 meses, a alimentação complementar aproxima de maneira progressiva a criança dos hábitos alimentares da família. É nesse momento que muitos pais começam a oferecer sucos para o bebê.

Bebês até 1 ano de idade não devem tomar sucos. Os pais devem trocar a bebida pela fruta in natura. Os sucos possuem um alto índice glicêmico (o organismo absorve muito rápido, exigindo um maior trabalho do pâncreas). Além disso,  o suco ocupa um volume gástrico grande, fazendo com que o bebê se sinta saciado o que faz com que ele coma ou mame menos do que deveria. Além disso, sabe-se também que o consumo excessivo de sucos pode estar associado com diarreia, flatulência, distensão abdominal e cárie dentária, além de subnutrição.

A Sociedade Brasileira de Pediatria recomenda “Os sucos naturais devem ser evitados, mas se forem administrados que sejam dados no copo, de preferência após as refeições principais, e não em substituição a estas, em dose máxima de 100 mL/dia, com a finalidade de melhorar a absorção do ferro não heme presente nos alimentos como feijão e folhas verde-escuras”.

A fruta in natura proporciona uma experiência muito mais interessante da criança com o alimento, com diferentes sensações: cor, cheiro, paladar, textura. Os sucos perdem isso. O suco “enche” a criança, mas não necessariamente é mais nutritivo. Sendo assim, para bebês até 1 ano de idade, opte sempre pela fruta in natura. Nem preciso comentar sobre os sucos em caixinha, né?!

Tem sugestões de temas? Escreva pra mim e terei imenso prazer em trazer o tema para discussão aqui no nosso cantinho Baby Dicas.

Beijos e até a próxima!

Dra Janinne Barboza

– E-mail: dra.janinne@gmail.com

– Instagram: @mundopediatria