Beleza, Boa forma, Mommies & Goodies, Sem categoria

Sou mãe, não sou musa fitness!



Gente, incrível como as pessoas estão cada dia mais sem noção em tudo nessa vida, né? Ganhei bebê há menos de um mês e, simplesmente, estou sendo cobrada, porque não estou na minha melhor forma física, porque não estou me cuidando, leia-se não estou fazendo dieta restritiva, ainda não voltei para a academia ou sequer estou tomando qualquer coisa para emagrecer. Então, preciso gritar ao mundo: sou mãe, não sou miss nem musa fitness!

barriga pos parto

Acredito que estas cobranças não sou a única recém mãe que as escuta, inclusive, já presenciei outras mamães sendo mais massacrada, inclusive, do que eu, mas permaneceram caladas. Não sei se por concordarem ou simplesmente por não terem forças para comprar essa briga! Mas eu estou e vou comprá-la, sim!

As pessoas precisam entender que o corpo da mulher passa por uma transformação descomunal durante 09 meses não é apenas com um, dois ou três meses que tudo vai voltar para o lugar, se é que podemos dizer que algum dia tudo volte a ser como antes. Eu, aqui, confesso que meu corpo depois do nascimento do Arthur mudou demais e não voltou a ser o que era. Imagino que agora, então, é que não voltar mesmo.

E querem saber? Nesse momento não estou nenhum pouco preocupada com isso! Quero, sim, ter muito leite para amamentar o Pedro, além, claro, de muita saúde para dar conta dos três.

Ainda não recebi aval médico para voltar a me exercitar, mas, claro que, assim que meu obstetra me liberar, voltarei a fazer ao menos caminhadas diariamente, afinal, não me custa nada pegar o Pedro e o carrinho e sair por aí. Isso vai fazer bem a mim e a ele! Mas não vou me cobrar – como infelizmente já fiz – para conseguir a ter minha barriga de tanquinho (sim, antes de ter o Dudu meu barriga era linda! rsrsrsrs).

Mas você deseja ter um corpo estrutural, Bárbara? Não vou ser hipócrita, sim, gostaria muito de conseguir voltar a me exercitar para tanto, mas agora não é minha prioridade. E se você, assim como eu, também deseja, sim, não ter uma barriga de maracujá velho, mas acredita que neste momento não é o ideal para isso, grite ao mundo que você não é miss, musa fitness, panicat ou qualquer coisa assim, você é mãe!

Óbvio que ser mãe não significa ser baranga, ao contrário, nossos filhos só serão felizes, se estivermos felizes, então, se você não está satisfeita com seu corpo, certamente, não estará feliz e aí você pode e deve calçar seu par de tênis e começar ao menos com caminhadas diárias e não custa nada fazer uns abdominais também, né?!?

Agora para os sem noção do mundo, deixo o meu recado: respeite as mães que acabaram de ganhar bebê. Não se esqueça que não é porque o bebê nasceu que o corpo volta para o lugar automaticamente. Não, há inclusive pesquisas que dizem que os órgãos só voltam para o lugar mesmo depois de 02 anos do nascimento do bebê. Claro que se a mulher decidir malhar para antecipar essa volta, é uma escolha dela, e deve ser respeitada!

Eu, neste momento, não estou preocupada nenhum pouco em ter um corpo escultural. A minha única preocupação agora, como já falei, é produzir muito leite para o Pedro e os bebês que posso estar ajudando com a doação de leite que tenho feito. Portanto, não venha me perguntar se ainda estou grávida ou se engravidei na maternidade. Nã0, já ganhei bebê há menos de um mês, diga-se de passagem, e não penso mais em ter filhos, portanto, não tem nenhum bebê na minha barriga!

Não estou incentivando nenhuma mulher a deixar de se cuidar, hein?!? Apenas acho que tudo tem seu tempo!!!



  • Keila Magda

    Isso mesmo!!! Recado dado!! Cada um sabe de si, ninguém é igual, ué! As pessoas tem um sério problema de falar qualquer coisa que vem à cabeça! Sua prioridade, no momento, é a mais sublime de todas: cuide do Pedro e de você. Dudu e Arthur precisam da mamãe bem, porque linda ( eu tenho certeza )sei que eles te enxergam TODOS os dias!

    • Keila, é impressionante como as pessoas gostam de julgar, né?
      Eu aprendi a não ter “papas na língua”, mas fico imaginando como outras mulheres não se sentem ao serem julgadas a respeito do peso, do corpo por conta da gestação. Beijos