Kids, Saúde e bem estar, Sem categoria

O pós cirúrgico da postectomia (fimose)



Há alguns dias atrás o Arthur, meu filho do meio, passou pela cirurgia de fimose, e fiquei de voltar para contar sobre o pós cirúrgico da postectomia, nome correto da cirurgia.

Como eu falei nas redes sociais, a cirurgia em si foi super tranquila. Ele foi sedado por inalação, acordou 45, 50 minutos depois que foi retirada a sedação, e saiu do hospital alegre e andando normalmente. Pois é, mas o pós cirúrgico já foi o oposto.

No dia da cirurgia, ele demorou a fazer xixi, e na hora que foi fazer, sentiu muita dor na hora que tivemos que retirar o curativo, e isso foi péssimo, porque a partir dali, ele não queria mais fazer xixi de forma alguma. Tive muito medo que ele acabasse com uma infecção urinária, mas a mãe aqui foi mais esperta, e entupiu o menino com água de coco.

Brincadeiras à parte, foi a forma que encontramos para que ele não ficasse segurando o xixi por muito tempo – precisamos utilizar as armas que temos, não é mesmo? Essa tática deu certo, mas o choro sem fim no momento de tirar o curativo e higienizar depois do xixi, não acabou. Durou uns 5 dias seguidos.

É uma das recomendações do médico, após a postectomia, que toda vez que a criança for fazer xixi, tire o curativo e higienize direito. Isso pode ser algo não tão simples assim!

Se fosse só o chororô, tudo bem, mas houve outros momentos difíceis, e uma delas é que o meu filho não conseguia usar cueca, nem nada. Era apenas o curativo e olhe lá, ou seja, ele ficava pelado 24 horas por dia. Eu tentei de todas as formas, mas é claro que eu precisava respeitá-lo!

As recomendações foram apenas essa no dia da cirurgia, e isso foi um erro, porque, hoje, depois de 15 dias, o levamos no urologista, porque pelo canal da uretra, saiu sangue, ele nos informou que o Arthur precisaria entrar no centro cirúrgico novamente, porque acabou colando. Pois é, depois da cirurgia, o exercício que os médicos geralmente dizem para fazer, deve continuar sendo feito.

Não sabíamos disso, e agora, lá vamos nós novamente para o centro cirúrgico, com sedação, para o descolamento. Já imaginam o desespero da mãe aqui, né?

No pós cirúrgico, o exercício no pênis da criança precisa continuar sendo feito, sob a pena da criança precisar entrar novamente no centro cirúrgico para o descolamento da pele. Então, além da higienização a cada xixi, não esqueça do exercício!