Kids, Saúde e bem estar

Não deixe a criança sentar em W

O famoso jeito de sentar em “W”, ou seja, com as perninhas para trás, é muito comum entre as crianças. No entanto, de acordo com o Serviço Pediátrico dos Estados Unidos, há diversos motivos para não deixar seu filho sentar assim. As informações são do site PopSugar.

Algumas das consequências da criança sentar em “W”são:

1. a limitação da força no núcleo

Sentar assim dá ao seu filho um suporte e ele não tem que fazer força nos músculos abdominais ou nos músculos das costas. É por isso que as crianças gostam tanto de sentar assim e se veem um amiguinho fazendo, com certeza irão imitar.

2. Causa tensão muscular

Principalmente nas pernas e no quadril, mas também nos joelhos e tornozelos.

3. Agrava os problemas neurológicos

Com o tônus muscular baixo, o que significa que se as crianças não exercitam os músculos, eles vão afrouxando e tendem a ficar moles e dificultar a tarefa de manter o corpo ereto.

Os pediatras afirmam que deixar a criança sentar dessa forma por muito tempo pode atrasar o desenvolvimento de boa parte do sistema motor, como a coordenação motora e o equilíbrio. Ou seja, não é o fato da criança sentar vez ou outra na posição W, mas a constância disso, que irá prejudicá-la.

Confesso que depois de saber dessas informações comecei a perceber o quanto o Pedro e o Arthur sentavam assim. É algo meio que automático deles, mas que agora eu sempre estou de olho para evitar que eles fiquem na posição W.

Ressaltando: não é o fato de sentar em W com pouca frequência que irá prejudicar o desenvolvimento psíquico e motor da criança. Isso acontecerá se ela sentar sempre na posição W. Se ficarmos de olhos abertos e atentos, certamente, os nossos filhos não terão qualquer sequela no desenvolvimento. Não se for decorrente do sentar em W.