Colunistas, Mommies & Goodies, Mommy to be, Reflexões de Mãe

Meu bebê nasceu. Como fica a carreira profissional?

Na gravidez eu me questionei muito sobre como ficaria a minha carreira depois do nascimento do meu primeiro filho, afinal, havia acabado de me encontrar na profissão como consultora tributária, amava aquilo, mas por outro lado, sabia que não daria conta de ser a mãe que eu sempre havia sonhado, desde criança. Aquela mãe presente de corpo, alma e coração!

Meu bebê nasceu. Como fica a carreira profissional agora?

E sei que isso se passa na cabeça de praticamente todas as mulheres algumas vezes durante a gestação, mas principalmente depois do nascimento do bebê, afinal, a licença maternidade uma hora vai acabar.

E aí, abrir mão da profissão e ser mãe em tempo integral? Deixar o bebê em casa com a babá ou em uma creche?

A verdade é que depois do nascimento do bebê a vida da mulher passa por transformações tão avassaladoras que chega um momento que você desaba, afinal, são cobranças exteriores – de que você deve ser a melhor e mais perfeita mãe – e interiores – onde a culpa materna passa a ser sua melhor (ou pior?) amiga.

No meu caso, eu até tentei voltar para o mercado de trabalho formal, não como consultora tributária, mas como uma funcionária da empresa dos meus pais. Coloquei o Eduardo, à época com 6 meses, numa escolinha que confiava muito. Ele teve diversos problemas respiratórios e aí decidi que dali pra frente eu seria mãe em tempo integral.

Mas e a carreira? E a questão financeira?

Isso tudo foi muito conversado com o meu marido, porque as despesas precisariam ser cortadas até que eu voltasse para o mercado de trabalho. E foi ali que também tomei a decisão de que o Baby Dicas seria o meu trabalho a partir de então.

Antes de conseguir me tornar uma blogueira, digital influencer de sucesso, seja lá a denominação que queiram dar, eu precisei ralar muito, afinal, estava recomeçando uma carreira profissional, só que dessa vez, em casa e com um bebê. As responsabilidades, agora, eram ainda maiores!

Então se você está se questionando sobre o seu lado profissional e a chegada do filho, te sugiro que você busque ajuda profissional – hoje existem profissionais que auxiliam nessa decisão e também na transição, além, claro, de muito diálogo e acordo mútuo com o companheiro, porque pode ser que ele precise arcar com despesas que, até então, eram divididas pelos dois.

Aproveito para anunciar uma novidade por aqui: a partir de agora a coach , Geórgia Villas Bôas, será colunista do Baby Dicas, para responder dúvidas de carreiras, sobre o mercado profissional, dúvidas sobre currículos, enfim, uma profissional qualificada (e mãe!), que irá nos ajudar e muito por aqui!!!

Para conhecer um pouco mais sobre a Geórgia Villas Bôas, sugiro que a acompanhe pelas redes sociais abaixo:

Linkeden: https://www.linkedin.com/in/georgiavillasboas

Instagram: http://www.instagram.com/georgiavillasboas_coach

Facebookhttps://www.facebook.com/vbassessoria/