Relacionamento a dois

Como ter uma vida sexual ativa depois dos filhos

Um dos temas que irei abordar por aqui, ao longo desse ano, será sobre relacionamento e autoestima. E hoje quero falar sobre como ter uma vida sexual ativa depois dos filhos.

Parece algo impossível ou que, quando possível, é só para cumprir tabela, né? Mas pode ter certeza de que se o casal se esforçar, a sua vida sexual, mesmo depois do nascimento dos filhos, não sofrerá abalos sísmicos.

A intimidade sexual é de vital importância para o casamento

Cria paixão, romance e mantém a chama acesa. É uma das poucas coisas que você compartilha com seu esposo e com mais ninguém. É uma conexão especial que só os dois podem ter. Quando as crianças chegam, e vocês não têm mais contato sexual com a mesma frequência que costumavam ter, surgem os problemas conjugais. O casal simplesmente para de se sentir mais próximo ou ligado.

Ter filhos dificulta sua vida sexual de muitas formas

Primeiro porque os casais simplesmente não têm mais o tempo que costumavam ter para dedicar-se um ao outro. Menos tempo para namoro e romance geralmente significa menos desejo sexual.

Segundo, depois de um longo dia levando as crianças à escola, limpando a casa, verificando os deveres de casa, se os dentes estão escovados, se foram para a cama na hora certa, você simplesmente não se sente mais no clima para o sexo.

Finalmente, seus filhos ficam mais velhos – e você também. Então, simplesmente você não se sente mais tão atraente como costumava sentir.

Fato é que, por mais que não queiramos admitir, os casais que não têm uma boa vida sexual raramente têm um bom casamento.

Quais são algumas coisas que você pode fazer para manter a sua vida sexual ativa depois que as crianças nasceram? Aqui estão cinco dicas rápidas:

1. Arranjem tempo para vocês dois

Você tem um calendário para a sua família, para que não se esqueçam de todas as atividades das crianças, aniversários, e outros compromissos.

Agora quando foi a última vez que viu algo no calendário para você e seu cônjuge? Seu relacionamento é tão prioritário quanto o treino de futebol de seu filho.

Coloque na sua agenda um tempo para vocês e faça acontecer. Claro que isso é apenas para criar um hábito, não precisa ser necessariamente sempre no mesmo dia da semana, no mesmo horário.

2. Tranquilize sua esposa de que seu afeto não alterou

Seu corpo muda com a idade. Como resultado, ela pode não se sentir tão atraente quanto antes de ter as crianças. Quando não se sente sexy, ela não se sente muito animada para a intimidade. Tranquilize-a sobre seu afeto por ela e ajude-a a se sentir amada, cuidada e atraente.

3. Redefinir as preliminares

Com crianças ao redor, você não tem tanto tempo de privacidade mesmo em seu quarto. Não desperdice todo o tempo de vocês nas preliminares. Isso não precisa ser físico. A troca de mensagens de texto sensuais entre vocês ao longo do dia, bilhetinhos atrevidos no pacote de lanche dele, e-mails eróticos são tão eficazes como preliminares físicas.

4. Sejam criativos

Com crianças ao redor, o sexo não pode ser tão espontâneo como costumava ser. Há um maior risco de interrupções. Em vez de esperar até que todas as condições sejam favoráveis (o que pode levar um longo tempo), sejam criativos sobre onde e quando fazê-lo. O sexo pode ainda ser romântico e unir o casal, mesmo em lugares e momentos inusitados.

5. Cansaço não é um bom motivo

Depois que as crianças finalmente vão pra cama, você está tão exausta que a última coisa que passa na sua cabeça é sexo, daí, vem seu parceiro com todo fogo do mundo, e você tem vontade de jogar ele pela janela, afinal, como ele pode querer transar com você, depois de um dia insano como o que você teve?

Mas posso contar uma coisa? Às vezes, depois de um dia daqueles, o melhor remédio é uma transa bem gostosa, afinal, depois de tudo, você está tão relaxada, que a noite de sono será ainda melhor. É sério, gente, eu já briguei muito, já dormi com raiva (aliás, já tive muito insônia), porque o marido queria fazer amor e eu só queria dormir.

Todos os casais passam por mudanças em suas vidas com a chegada dos filhos. Mas, a qualidade da sua vida sexual não precisa mudar. Essas são apenas cinco dicas rápidas sobre como você pode manter sua vida sexual ativa mesmo depois que as crianças chegarem.

Claro que há várias outras maneiras para ter uma vida sexual ativa, mesmo fora do quarto, afinal, paixão, desejo e intimidade não se resume a quatro paredes. Não se esqueça de que a intimidade é uma parte vital de seu casamento.

Sexo com seu cônjuge é a única coisa que você compartilha com ele e que você não compartilha com os outros. É uma maneira perfeita de criar romance, intimidade e atração em seu casamento.

Dessa forma, não negligencie a si mesmo ou ao seu cônjuge negligenciando sua vida sexual.

Traduzido livremente do site http://themarriageandfamilyclinic.com