Comportamento, Mommies & Goodies, Reflexões de Mãe

Como a fé me ajuda a ser mãe | Baby Dicas

Ser mãe é maravilhoso, mas vamos confessar que tem horas que a única vontade que temos é dar uma fugidinha básica para a Lua? Imagina com 03 filhos pequenos? Cada um te demandando de formas diferentes e ai é inevitável não se sentir sobrecarregada, mesmo que você tenha acabado de acordar.

Confesso que se eu não tivesse uma fé inabalável eu não daria conta.

E hoje quero falar exatamente sobre isso, como a fé me ajuda a ser mãe.

Não vou falar de religião, porque acredito que seja um assunto que causa discórdias (o que não deveria!), e a última coisa que quero aqui é isso. Mas a fé é algo tão maior que religião, que a verdadeira essência de cada uma delas é a busca pela fé.

Sem fé, eu confesso, eu não daria conta de encarar os desafios diários da maternidade, acredito que já teria surtado com os meninos.

Quando eles começam a gritar sem parar ou quando começam a brigar, eu tento intervir e peço para pararem, mas você acha que eles param? Claro que não! Parece que, quando eu intervenho, eu estou jogando fogo e aí que eles se enfurecem. Uma loucura!

O que eu faço nesses momentos? Peço a Deus que me dê sabedoria, que me ajude a não sair correndo e largar os meninos para trás.

Leia também: 25 orações para ensinar às crianças

E posso te contar um segredo? Ele sempre me escuta, porque, assim “do nada”, eles se acalmam, voltam a brincar tranquilos. Como se uma mágica tivesse acontecido (e realmente acontece!).

É claro que, muitas vezes, no meio de um caos instalado, eu, como ser humana, esqueço de pedir a Deus que me ajude a encarar de uma forma serena as divergências das crianças, mas minha sanidade volta, e aí, os joelhos dobrados no chão, é o que me salva.

Eu sou católica, levo os meninos todo domingo para a missa, e quase sempre, à noite, antes de dormirem, a gente reza juntos. Então, eles já entendem que temos um ser superior, que cuida da gente, e, nos momentos que eu tô mais brava com eles, eles mesmo falam “mamãe, lembra de rezar para o Papai do Céu deixar você calma”.

Tenho vontade de rir, mas a verdade é que estamos conseguindo implementar na vida deles uma fé, que, na minha opinião, é o que nos sustenta nesse mundo tão caótico, que estamos vivendo atualmente.

Por isso, o meu conselho para você, quando estiver num momento tenso, ou com vontade de sumir, dobre os seus joelhos e no chão e peça com toda fé do mundo que Deus te ajude a ser uma mãe sábia, que Ele te dê paciência para encarar todas as dificuldades advindas da maternidade.

Pode ter certeza de que a sua forma de maternar vai ficar mais leve, mais sábia. Palavras de quem faz isso diariamente e tem obtido o que pede. Claro que isso não serve apenas para ser uma mãe melhor, mas em todas as áreas de sua vida!