Babies, Comportamento

Como fazer o filho dormir sozinho no quarto



Meu filho não dorme sozinho.

Uma das queixas mais comuns entre as mamães é que o filho não dorme sozinho. No quarto, o filho pode até dormir, desde que seja acompanhado pela mãe ou pai. Mas basta eles saírem do quarto para a criança acordar e cair aos prantos.

Tem pais que levam a criança para a cama do casal, esperam ela dormir e a levam para o quarto dela. Isso não é legal.

Primeiro porque se nos colocarmos no lugar da criança, não seria nada legal dormir num lugar e acordar em outro. Gera desconfiança. E para uma criança crescer saudável e segura, é importante transmitirmos segurança para ela.

Segundo porque atrapalha a intimidade do casal ter uma criança dormindo na mesma cama.

O que fazer para amenizar essa situação?

Faça a criança se apropriar do quarto dela

Os pais podem gerar situações em que a criança se aproprie do quarto dela. Fazer com que ela sinta que aquele espaço é dela. Pode brincar no quarto, fazê-la deitar no chão, colocar algumas almofadas e brinquedos preferidos a mostra. Pequenas ações para mostrar que o quarto é da criança e pode ser o lugar mais aconchegante da casa.

Conheça os mitos e verdades sobre o sono do bebê

Iluminação

Colocar uma luz baixa do personagem preferido da criança, pode contribuir para que a criança queira ficar em seu quarto.

Um amigo para a hora do sono

Um objeto de transição pode ajudar muito na hora do sono. Pode ser um ursinho, uma naninha de pano, qualquer objeto escolhido pela criança. Isso ajuda acalmar a criança, consequentemente, contribui para que ela durma sozinha.

Spray mágico

Contar uma história para a criança se sentir segura, como por exemplo, que seu amigo do sono vai protegê-la enquanto ela dorme. Ou usar um spray mágico (um borrifador apenas com água) para espirrar no quarto na hora em que a criança for dormir e explicar que o spray mágico afasta todo o medo e protege as crianças.

Mais informações sobre o sono do bebê e consultoria, entre em contato com Gabriela Miranda, através do e-mail: gabriela@bossamae.com.br



  • bossamae

    Obrigada pelo espaço, Bah! 🙂