Sem categoria

Carta para minha mãe



Carta Para Minha Mãe

Mamãe, depois de mais de 36 anos, sento para escrever uma carta para te agradecer por ser essa mulher tão incrível, tão sensível e ao mesmo tempo uma muralha.

Depois de me tornar mãe de três meninos, hoje, sei o quanto você se doou, se dedicou, se dividiu em mil para dar conta de forma tão plena de todas as áreas que envolvem a vida de uma mulher, que tem família, que tem uma profissão, que tem um casamento, que tem uma casa.

Me impressiono muito, depois de tanto tempo, em como tudo a sua volta sempre foi organizado, como sempre andou de forma tão tranquila… será mesmo que sempre foi tranquilo, ou você sempre fez de tudo para que essa imagem foi transparecida para nós de casa e do mundo todo ao seu redor?

Uma mulher sempre linda, sempre admirada, mas, que também sofreu muito pelos comentários alheios de pessoas invejosas, mas nem com esses comentários deixou se abater. E, isso, mamãe, me guia nos meus passos atuais, afinal, ter uma família desperta aos olhos das pessoas sem Deus no coração uma inveja tão feia, que se não temos Deus e o cuidado de Nossa Senhora, com certeza, pode acabar afetando a nossa família, a nossa vida de alguma forma.

Mamãe, me lembro de todos os sábados que você ia para o shopping com seus três filhos e ainda carregada de sobrinhos e amigos dos filhos. Meu Deus, como você conseguia isso? Eu com meus três filhos não consigo! E até fico com vergonha, porque, além de dar conta, você sempre estava linda e impecável, desde a hora que acordava.

Mamãe, também me lembro e muito me envergonho das vezes em que não admitia um não de você. Isso lá atrás me doía tanto (pensava até que não me amava), e hoje, eu agradeço em silêncio por ter tido a criação que tive; e mais até, tenho tentado seguir os seus passos para criar os meus três filhos, num mundo onde os valores estão se perdendo.

Mamãe, obrigada por todos os conselhos, todas as broncas, todas as surras lá atrás. Há quem diga que não se deve educar com tapas, mas eu tenho certeza, hoje, de que todos os tapas que tomei lá atrás foram necessários, e sei também que cada um deles doía muito mais em você do que em mim.

Hoje, mamãe, eu entendo muito do que você fez lá atrás, e que mulher incrível você é! Entendo o porquê do meu pai te admirar tanto, a ponto de ser questionado se estivesse num barco e ele afundasse, quem ele salvaria, se você ou os filhos, e ele sem pestanejar dizer “minha mulher, porque foi ela quem me deu meus filhos”. Me emociono!

Não sei se algum dia conseguirei ser 1/3 da mulher, esposa e profissional que você é. Espero que sim, luto para isso, mas se não conseguir, eu não irei me crucificar, e sabe por que? Porque, acredito que, desde sempre, você sempre soube onde quis chegar. Eu demorei muito para saber o que eu realmente queria, além de ser mãe, mas seguirei o seu exemplo, e lutarei muito para também conquistar o que eu tanto quero.

Mais uma vez, mamãe, obrigada, por tanto “não”, por tanto “sim” e até mesmo pelo amor silencioso,a final, quem foi que disse que quando se ama, precisamos dizer sempre “te amo”? Aprendi que, muitas vezes, o amor silencioso é um amor de verdade, afinal, ele fica ali dentro do coração, nos impulsionando da melhor forma possível.

Obrigada, mamãe, por ser a minha “mamãe”e por ser essa avó tão incrível com os meus filhos, mesmo tendo suas preferências, né? Aliás, me corrijo, não acredito que seja preferência, mas que seja afinidade.

Aliás, afinidade essa que me arrependo de não ter construído com você como meus irmãos o fizeram, e talvez essa falta de afinidade nos distancie, mas quero que saiba que eu te amo, que eu te admiro e que tenho muito orgulho de ser sua filha. espero que algum dia você possa ter orgulho da mulher, mãe, esposa e profissional que me tornei.

Feliz Aniversário, mamãe! Que Deus nos permita comemorar muitos e muitos anos juntas ainda.

Te amo!

Bárbara Sarkis Barreto

maio/2017



  • renata salerno

    Ohhhhh coisa linda!!! Me lembro de vcs na festa dos seus 15 anos MARAVILHOSA! Recebendo a gt c tanto carinho e satisfação! Bá, tenho certeza que vc seguiu os passos de sua mãe! Vc é uma grande mulher, uma mãe exemplar!
    Beijos saudosos
    Tata

    • Tata, chorei agora…. as lágrimas estão escorrendo… que saudade daquela época….
      beijo enorme