Amamentação

Amamentar não é algo natural. Mudança de opinião



Eu sempre bati no peito para dizer que amamentar é algo natural, e dizia isso porque as minhas três experiências com o aleitamento materno me fizeram ter a certeza de que bastava o bebê nascer, que o leite desceria em alguns dias, e que a única dificuldade seria as dores com as fissuras nos seios.

Aí recentemente me tornei tia, pela segunda vez, agora era a vez da minha irmã amamentar. Ainda no hospital, deram complemento para ele. Fiquei indignada por dentro, afinal, por que não esperaram nem o colostro aparecer? Por que não deram ocitocina em forma de remédio – que eu utilizei – para ela tomar? Enfim, eles saíram do hospital com ele utilizando fórmula.

Uma semana depois do nascimento dele, eu fui para Brasília para ajudá-la, porque as coisas estavam bem mais difíceis do que eu poderia sequer um dia imaginar. O leite dela não descia, ela se sentindo péssima por não conseguir, mas sem sequer desistir um único momento. Ela oferecia o peito, ele ficava super nervoso e ela entrava com a translactação.

De verdade? Eu queria ter leite ainda para poder ajudar a minha irmã, que tanto queria que o leite descesse e o seu filho pudesse mamar – claro que mesmo se tivesse, não o faria, porque a amamentação cruzada é super perigosa, mas era a minha vontade, para que a minha irmã não passasse por aquilo.

E nisso toma-lhe bolinhas de homeopatia, chá da mamãe da Welleda, todos os derivados de milho e muita água, além da estimulação com a bomba extratora. Nada isso fez com que ela tivesse leite suficiente para saciá-lo.

A cada momento de amamentar, lá ia a minha irmã, tentava de tudo e o leite, agora, saía bem pouquinho, mas saía. Ele tem a pegada certinha e eu via a emoção no olhar da minha irmã em ter o seu filho mamando no seu peito – essa sensação é única! E logo lá estava ele bravo, porque já não tinha mais nada.

Prepara a fórmula, pega a sonda, coloca na boquinha do bebê junto com o seio – de verdade? Eu não sei se teria tanta força de vontade como a minha irmã tem tido. Sim, porque mesmo depois de 20 dias, ela continua tentando, tentando e tentando. E que coisa linda, de verdade!

E depois de toda essa experiência aos meus olhos, hoje, eu tenho uma opinião – através da vivência com a minha própria irmã – de que amamentar não é algo natural!

Não são todas as mulheres que conseguem amamentar, e se esse é ou for o seu caso, não se sinta péssima, porque assim como você, muitas outras mães também já passaram por essa experiência e nem por isso deixaram de ser ótimas mães!



  • Maria do Ceu

    Eu passei por algo parecido e apesar de ter lido muito sobre o assunto, a minha inexperiência venceu e depois de 3 meses a tirar leite com a bomba acabei por desistir e deixei o leite secar. Só que eu tinha leite, minha filha é que era muito pequenina e só apanhou a mama depois de 15 dias e quando apanhou eu não soube conciliar com a fórmula e ela depois de 20 dias deixou de mamar…