Comportamento, Dicas, Kids

Adaptação Escolar Sem Traumas | Baby Dicas

Adaptação escolar é um momento da vida das crianças que entram na escola e tem uma separação momentânea dos pais, onde passarão a conviver com outras crianças, professoras e cuidadoras. Se não tomarmos cuidado, esse momento pode ser traumático na vida dos pequenos e também dos próprios pais, sobretudo as mães.

Vamos falar sobre adaptação escolar sem traumas, então???

Adaptação escolar é mais difícil para os pais

Preciso dizer, antes de mais nada que, a adaptação é mais dificil para os pais do que para as crianças, afinal,elas acham que tudo é brincadeira, que podem fazer tudo, afinal, os pais não estão lá para impor as regras que existem em casa.

Não crie expectativas

Um ponto muito importante é que não se deve criar expectativas sobre a adaptação escolar do seu filho, afinal, cada criança reage de uma maneira. Hoje ela pode ficar feliz na escola e amanhã chorar sem cessar, porque não quer ir ou porque não quer ficar.

Não exija regras enquanto a criança estiver sendo adaptada à escola

 

Não exija regras neste momento. Se a criança quiser levar para a escola a chupeta, os seus brinquedinhos preferidos, deixe, afinal isso remete à casa, trazendo proximidade e aconchego. Haverá um momento em que ela não precisará mais levar, já que estará confiante na escola.

Como é um momento onde tudo é novo, se a criança não quiser vestir o uniforme – afinal ela já associa ao momento de ir para a escola – nesse momento de adaptação, não tem problema. Tudo o que não queremos neste momento é traumatizar os pequenos.

Leia também: Porque Amo a Escola dos Meus Filhos

Transmita muita confiança para a criança

Há um papel de extrema importância, neste momento, por parte dos cuidadores, que é o de deixar as crianças confiantes! Nada de agarrar o filho na hora de entregar para professora, por exemplo, eles sentem a sua insegurança e aí o choro é certeiro.

A criança ir andando, até a sua sala, é muito importante, assim como pegar a própria mochila, lancheira. Isso ajuda muito no processo da adaptação escolar.

Evite que a criança falte à adaptação

Não deixe a criança faltar à adaptação, isso é fundamental para que ela entenda todo o processo inicial da escola.

Seja sempre positivo a tudo relacionado à escola

Nosso papel como pais, na fase da adaptação escolar, é ser sempre positivo, por exemplo, dizendo “oba, vamos para a escola, encontrar os amiguinhos. Como a escola é legal”.

Não fique bisbilhotando

Um outro detalhe super importante é evitar aquelas “olhadinhas” pela janela, pela porta da sala. As professoras têm estudo para saber lidar caso a criança chame pela mãe, pelo pai. Se ela ver a mãe olhando, é inevitável que ela chore.

Leia ainda: Como escolher a primeira escola

Não minta, não desapareça. Seja sempre sincero!

Por fim, não podemos mentir, não podemos enganar a criança. Na hora de sair da sala, e deixá-la, diga “vou ali, mas daqui a pouco estou de volta”, também não desapareça sem dar tchau, porque a sensação de abandono pode surgir na criança, e consequentemente, ela pode associar mal.

Estamos na semana de adaptação escolar do Pedro, que até o momento, tem sido tranquila, mas ainda é cedo para dizer se ele realmente se adaptou bem ou não. E isso será assunto para um post específico, tá?

Você tem mais dicas para ajudar na adaptação escolar sem traumas? Conta aí nos comentários. 🙂