Comportamento, Reflexões de Mãe

A fase dos 07 anos – pior que o terrible two



Estamos na fase dos 07 anos por aqui, e só posso afirmar uma coisa: ela é muito pior que o terrible two, minha gente! Achei que fosse continuar vivendo a leveza dos 05 anos, mas depois de uns 02 meses que o Dudu completou 07 anos, veio a fase de achar que manda em tudo e em todos.

Pois é, está sendo um tal de “me deixa em paz”, “você não manda em mim”, “você só sabe brigar comigo”, que a paciência precisa ser exercida com uma frequência e intensidade maiores. Tenso demais para resumir bem essa fase por aqui.

Eu até entendo que os hormônios estejam começando a mudar, que agora a carga de cobrança em cima dele também aumentou – principalmente com provas e notas na escola, mas não dá para aceitar que uma criança de 07 anos não queira mais obedecer e que ainda acha que é dona do mundo. Por aqui, não aceitamos e vamos lidando com muita cautela.

De fato, estou brigando muito mais com ele, afinal, se eu peço para fazer e ele não faz, a bronca vem! E, desculpa quem pensa diferente, mas essa é a minha forma de educar. E você bate, Bárbara? Não queiram me matar nem crucificar, mas, sim, quando necessário – entenda-se: você conversa, você adverte, você faz tudo o que pode e a criança simplesmente te ignora, tem palmada na bunda, sim!

Bater educa? Pra mim, não; mas quando conversa, coloca de castigo, explica, e a criança continua comentando os mesmos erros, me desculpa quem pensa diferente, aí a forma que eu encontro de fazê-lo ter consciência de que ele não é o dono do mundo é pará-lo com um tapa.

E aí vamos deixar bem claro: uma palmada, minha gente, não é espancar uma criança! Por favor, vamos ter bom senso, viu?

Outra coisa, não estou fazendo qualquer apologia à surra em criança, apenas dizendo que, quando utilizo todas as formas viáveis para que o meu filho entenda que ele precisa obedecer, que ele precisa entender que o mundo não gira em torno dele, é com um tapa na bunda.

E não pensem que não me dói quando preciso agir assim! Dói e dói demais, mas acredito que iria doer muito mais, lá na frente, se ele não tivesse limites dados na infância!

Agora é a hora de continuar educando e sonhando para que essa fase dos 07 anos acabe logo… apesar de que já fui alertada de que daqui para frente, é daí para pior, porque vem pré adolescência e depois a temida, adolescência.

Sem dúvida intensificarei minhas orações para que Deus me dê sabedoria em saber educar os meus filhos da forma mais correta possível!